"Acima de tudo, procurem sempre sentir profundamente qualquer injustiça cometida contra qualquer pessoa em qualquer parte do mundo. É a mais bela qualidade de um revolucionário." Che Guevara (Cartas aos filhos)

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

A carta de Hélio Gueiros para o jornalista Lúcio Flávio Pinto


Vamos desenterrar um dos episódios mais deprimentes da política paraense.
Uma carta. Muita imundície.
Guardei a carta que foi distribuída para muita gente.
A carta datada de punho pelo ex-governador Hélio Gueiros - 18.04.91, destinada ao jornalista Lúcio Flávio Pinto.
Hélio Gueiros que havia sido ressuscitado por Jáder Barbalho e fora eleito Senador da República, depois foi indicado pelo Jáder para sucedê-lo no Governo do Estado do Pará. Eleito. Rompeu com Jáder.
Na eleição de 90, Jáder é eleito governador e inicia sua gestão em 91. Gueiros entrega a máquina estatal quebrada, o que ao final do mandato de Jáder se constata é o estraçalhamento da máquina, lamentável.
O jornalista Lúcio Flávio Pinto investiga as sandices realizadas por Hélio Gueiros, este enlouquecido, escreve uma carta desaforada, pontuadas por expressões de baixo calão e por aí vai.
Hoje Hélio Gueiros fez as pazes com Jáder Barbalho e trabalha no Diário do Pará como articulista.
O MilitânciaViva vai divulgar na íntegra, ok?
Vamos ao documento histórico:

"Lúcio Flávio,

Por que tu não vais chupar o da puta que te pariu?
Sabia que tu eras filho da puta. Sabia que quem te emprestou o sobrenome era um bandido. Sabia que és um corno manso. Sabia que és frequentador habitual dos hospícios. Mas não sabia - confesso - que agora estás cooptado pela pica do Jáder fazendo concorrência à corte dos eunucos que lhe cercam.
Somente um corno muito safado como tu, amancebado agora com um ladrão, pode ter a coragem de parir pelo rabo o teu escoito de nojo. Viraste porta voz de quem achavas que era o maior larápio de todos os tempos deste Estado. Mas, naturalmente, porque te converteste a ele e estás sendo consolado pelo pau dele debaixo das escadas, queres te redimir do passado, seu grande filho da putíssima.
Se o orçamento de 91 está defasado, seu sacana, a culpa não é minha. É da inflação. Fizemos uma proposta orçamentária baseada em inflação zero porque se acreditava que o Plano Collor ia liquidar com a inflação. Não acabou e, por isso, está havendo a defasagem no começo logo do segundo trimestre. Até tu, seu grande filho de uma égua, estás gastando neste mês de abril muitas vezes mais do que gastavas há um ano. Mas o que importa, seu veado cínico, não é a rubrica orçamentária mas sim a arrecadação. Eu só gastei o que arrecadei. Não gastei o que não arrecadei. O que vale é isso e não o detalhe do desajuste orçamentário. A tua crítica sobre suplementação de verba é canalhice porque o fundamental não é a rubrica e sim o dinheiro. E isso eu tive. Arrecadei e gastei o que arrecadei. Se o teu macho quiser gastar, roubando e dividindo contigo, que vá arrecadar.
Quanto ao empréstimo, seu chupador de cacete, está tudo explicado na minha mensagem ao Legislativo deste ano. O empréstimo é do tempo do Jáder para pagar as contas do Jáder referentes à PA-150. Foi o que fiz porque em 87 não sabia, como tu, que o Jáder era um gatunaço e por isso honrei os compromissos dele. Mas um merda como tu dá a entender que se pode contrair empréstimo às escondidas, clandestinamente, à maneira como tu dás o cú. Não pode, seu sacana. Tem de ter autorização do Legislativo e isso foi publicado no Diário Oficial. Tem de ter autorização do M. do Planejamento e isso foi publicado no Diário Oficial. Tem de ter autorização do Senado e isso foi publicado no Diário oficial. Então, como é que dois filhos de uma puta, tu e o Jáder, ficam dando a impressão de que ninguém sabia do empréstimo? Honrei os compromissos dele repassando aos empreiteiros da PA-150 o valor do empréstimo. Por que o líder do PMDB, que prometeu CPI para investigar os empréstimos, não concretiza a convocação?
A tua observação sobre política de terra arrasada, seu mineteiro de macho, é outra sacanagem. Por aí afora, os governadores estão tendo problemas para pagar três, quatro meses de funcionalismo em atraso. Aqui o teu ventríloco diz que está tendo problema para pagar março. E está tendo problema porque a irresponsável bancada dele concedeu aumento de 400% ao Legislativo, forçando o Judiciário, Ministério Público, tribunais de conta a fazerem o mesmo. E a irresponsável bancada dele majorou em igual proporção a Polícia Militar e decretou taxa de interiorização para todo pessoal civil e militar. Nada disso foi feito por mim. Despesa nova autorizada por mim só um modesto aumento para quem não pertence nem ao Legislativo, nem ao Tribunal de Contas e assemelhados. Só e mais nada. Terra arrasada fez o PMDB, orientado pelo Jáder, que achava que não ganharia eleição, como de fato não ganhou licitamente, mas está hoje trepado no poder, trepando contigo, por causa da fraude.
Era o que tinha a te dizer, seu crápula. Não adianta fingir que não recebeste nem leste esta porque estou tirando xerox em abundância para distribuição aos teus leitores.
E antes que eu me esqueça de repetir: por que tu não vais chupar o rabo e a boceta da puta que te pariu.

18.04.91

Hélio Gueiros

6 comentários:

Anônimo disse...

arararara.... esse papudinho era demais mesmo, tava puto da vida porque o Jader tinha passado ele pra traz, mas com certeza aquele emprestimo pra pagar empreiteiro hein... conta outra papudo, aí com certeza tinha gatunagem também. Empréstimo pra honrar dívida de Jardy (qualquer semelhança como Jordy não é mera coincidencia - veces verao), isso é um eximio contador de causos mesmo. Mas é impagável ver ele puto, achincalhando a mãe dos outros (os mairanas que o digam...). Eu heim, vai com deus oxum.

Carla Zahlouth disse...

Bom dia deputado,

Qualquer um nessa terra com o mínimo de conhecimento político conhece o episódio da carta escrita por Hélio Gueiros ao jornalista Lúcio Flávio Pinto.
O que me pergunto, é qual a relevância dessa publicação no momento em que falece Hélio Gueiros, e que a família sofre pela perda.
Neste momento, o mínimo que um ser humano pode fazer em respeito a dor dos parentes, é se calar.
Essa é sua contribuição ao povo do Estado que o senhor representa?

Carla Zahlouth
cfz@supridados.com.br

Anônimo disse...

Tem gente que não respeita nem a morte de uma pessoa! Vá com Deus Hélio Gueiros! Um grande homem!

Anônimo disse...

Não é porque o cara morreu que o que ele fez de bom ou ruim terá que ser escondido. A carta ao Lúcio faz parte também da história dele.
Paz a sua alma.

Anônimo disse...

Seria legal se vc postasse a resposta que Lucio Fçlavio deu, uma verdadeira aula de redação, falou coisas ate piores q Hlio Gueiros falou, mas tudo na categoria, classe...

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ commander viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ costo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra generico